Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

domingo, 18 de junho de 2017

Picolé Eléctron: O picolé energético

Propagando retirada do site: www.sorveteitalia.com

  Junto com o aumento dos cuidados com o corpo, pela população, vem aumentando também o mercado de produtos com o proposito de auxiliar nessa empreitada que é manter um corpo saudável com o auxilio de exercícios físicos. O Picolé Eléctron, o mais novo lançamento da Sorvete Itália, chega ao mercado com a proposta de ser um produto que pode ser utilizado tanto como pré ou pós treino.



  Na propaganda oferecida pela Sorvete Itália, o Picolé Eléctron promete ser um produto que pode ser utilizado como pré ou pós treino, pois ele ajuda à acelerar o metabolismo, tem ação antioxidante, reduz a fadiga, dentre outras características. Então hoje discutiremos quais componentes presentes no picolé auxiliariam em cada um dos benefícios propostos pela marca.
  Observando-se a tabela nutricional do picolé, podemos analisar sua composição e assim analisar a ação de algumas substâncias, e correlacionar com os benefícios oferecidos pelo produto. Nela encontramos substâncias como proteínas, Vitamina C, Glucorotactona, Taurina e Cafeína.

          Quantidade por porção (58g)                                    %VD
Valor energético
91 Kcal
5
Carboidratos
10g
3
Proteínas
8g
11
Gorduras Totais
2,8g
5
Gorduras Saturadas
1,6g
7
Gorduras Trans
0
-
Fibras Alimentares
0,4g
2
Sódio
18mg
1
Vitamina C
30mg
0,7
Glucoronatactona
154mg
-
Inositol
12mg
-
Taurina
250mg
-
Tabela nutricional retirada da embalagem de um Picolé Eléctron

 Fundamentos Bromatológicos
  A Taurina é um aminoácido encontrado no cérebro, retina, coração e células de orgãos reprodutores, podendo também ser encontrada em carnes e frutos do mar.  A taurina é um antioxidante, protegendo contra o estresse oxidativo. Se conjuga com ácidos biliares, formando sais e ajudando na emulsificação de lipídios, além de apresentar ação anti inflamatória. Também ajuda na sua desintoxicação por se conjugar com vários fármacos para ajudar na sua eliminação. Além disso, estudos demonstraram que pessoas apresentam uma capacidade de exercício maior, após o seu consumo.


Imagem da molécula da Taurina

  A Glucoronolactona é um metabólito da glicose, tendo ação antioxidante, além de atuar aumentando o metabolismo do fígado (aumentado sua eficácia). 


Imagem da molécula de Glucoronolactona

  A Cafeína é um alcaloide do grupo das metilxantinas encontrada em certas plantas. A cafeína atua sobre o metabolismo basal e aumenta a produção de suco gástrico, aumenta performance física e motora, diminui sensação de fadiga, além de aumentar prontidão, vigília e sentimentos de "energia". Em doses terapêuticas, aumenta capacidade de trabalho e vasodilatação periférica. É um estimulante cardíaco e respiratório, e estimulante do Sistema Nervoso Central (diminuindo sensação de fome e aumentando sensação de saciedade).


Imagem da molécula de Cafeína

Legislação  
  Segundo a RDC 54, de 12 de novembro de 2012,  para um alimento ter um alto teor de proteína em sua composição,  é necessário que ele apresente no mínimo 12g de proteína em 100 g de alimento.

Discussão
  Tendo como base a RDC 54, de 12 novembro de 2012, o picolé Eléctron apresenta alto teor proteico, pois em 100g de produto ele teria o equivalente a 13g de proteínas. Com isso, o picolé também auxilia no ganho de massa muscular.
  O picolé apresenta propriedades antioxidantes, pois possui em sua composição a Taurina e a Glucoronolactona. Além disso, a Taurina aumenta a capacidade de exercício de uma pessoa, implicando em um aumento na  resistência aeróbica (capacidade de uma pessoa de desenvolver um esforço de intensidade reduzida ou media durante um tempo prolongado). A cafeína é a substância presente no picolé responsável por aumentar a energia e diminuir sensação de fadiga, além de acelerar o metabolismo.

Conclusão
  Com isso, concluímos que o picolé Eléctron apresenta os benefícios propostos, e que isso é dado devido a presença de diversas substâncias como: a Cafeína, Proteínas, Taurina e a Glucoronolactona.

Referências Bibliográficas:
Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC Nº 54, DE 12 DE NOVEMBRO DE 2012. Link: http://portal.anvisa.gov.br/documents/%2033880/2568070/rdc0054_12_11_2012.pdf/c5ac23fd-974e-4f2c-9fbc-48f7e0a31864. Acessado em: 10 de Junho de 2017.

Caine, J. J., Geracioti, T. D. Taurine, energy drinks, and neuroendocrine effects. Cleveland Clinic Journal of Medicine. Ed.86, n.12, p. 895-904.

Ricciutelli, M., et al. Simultaneous determination of taurine, glucuronolactone and glucuronic acid in energy drinks by ultra high performance liquid chromatography–tandem mass spectrometry (triple quadrupole). Journal of Chomatography A. Ed. 1364, p. 303-307, 2014.

Warburton, D. M, et al.An evaluation of a caffeinated taurine drink on mood, memory and information processing in healthy volunteers without caffeine abstinence. Pshycopharmacology. Ed. 158, p. 322-328, 2001.


3 comentários:

  1. O enriquecimento de alimentos, principalmente em alimentos que são classificados como “calorias vazias”, como as sobremesas e doces industrializados, é uma estratégia que vem sendo bastante empregada pela indústria de alimentos e de certa forma é bem interessante. Visto que promove algum benefício nutricional em alimentos que até então não possuiam nenhum, fora o ganho energético proveniente de carboidratos e gordura.
    Por outro lado, quando se pensa em alimentação saudável, os alimentos não industrializados como legumes, verduras Além disso, a suplementação alimentar, que se tornou muito frequente nos últimos e frutas continuam sendo as melhores opções.
    anos, principalmente por pessoas praticantes de esportes (como a ingestão de shakes de proteína), vem sendo cada vez mais contestada e indicada somente em casos de real necessidade.
    Deste forma, acredito que apesar de ser uma ideia interessante comercialmente falando, não faria e nem recomendaria o uso de alimentos deste tipo.

    ResponderExcluir
  2. O enriquecimento nutricional de alimentos vem se tornando cada vez mais comum na indústria. Porém, no caso deste produto, não retira-se os efeitos calóricos das gorduras ainda presentes. Esse apelo da indústria de tentar tornar o alimento "menos prejudicial a saúde" nem sempre é genuíno, já que muita das vezes estão visando um ganho econômico. Além disso, o abuso dessas moléculas por pessoas que estão buscando um efeito imediato pode ser perigosos. Compostos com efeito antioxidante, por exemplo, podem ser encontrados em diversos alimentos naturais mais acessíveis, como em frutas cítricas, que contém limoneno, além de diversos outros compostos importantes, como vitamina C.
    Então, apesar de ser uma ideia interessante, acredito que a indústria tenha desenvolvido com o intuito de ter um maior apelo comercial e aumentar o público alvo.

    ResponderExcluir
  3. Previne o diabetes: A taurina é um aminoácido condicionalmente essencial para o ser humano, se concentra nas células alfa do pâncreas. Ela melhora o funcionamento do metabolismo de glicose e aminoácidos. Estudos revelam que de alguma forma, a taurina modula o controle parácrino, no qual um hormônio produzido por uma célula controla a atividade da célula vizinha, a insulina, favorecendo maior ou menor secreção do hormônio dependendo do caso. Desta forma ajuda a prevenir o diabetes.

    ResponderExcluir