Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Açaí: existe alguma relação entre este alimento energético e a diabétes?


O açaí é uma fruta que trás diversos benefícios a saúde, além de ser um alimento versátil, ou seja, que pode ser utilizado em conjunto com outros alimentos e até mesmo puro. No Brasil, Amazonas e Pará são os maiores produtores destas frutas e é um produto consumido em grande quantidade pela população brasileira. Porém, esta mesma população julga o mesmo como um "bomba calórica", isto é verdade? Será que este fator pode estar relacionado com a diabétes?

É possível observar na tabela nutricional do açaí frooty, podendo então analisar sua composição e então correlacionar com os benefícios e males que o mesmo poderá vir a causar.

imagem da tabela nutriconal

Fundamento Bromatológico
Carboidratos são compostos com função de gerar energia (moléculas energéticas), os principais da nossa alimentação são os monossacarídios e os oligossacarídeos, exemplo: Glicose (a) e Frutose. O carboidrato é o principal compostos a ser convertido nas células para a formação de ATP e também pode ser armazenado em órgãos como fígado e músculos na forma de glicogênio.

imagem da glicose

Discussão
Como podemos observar, apenas 60g de açaí contém 5% do VD, comparando com os 300g total do valor diário do FDA, logo pode-se entender que o uso controlado deste produto não afetará a saúde do indivíduo caso o mesmo seja saudável. Em indivíduos que realizam uma dieta com pouca ingestão de carboidratos não apresentaria problemas de elevação de níveis glicêmicos, pois o mesmo poderia usufruir de até mais de 60g (1 bola) do mesmo, um pouco mais que os que necessitam de controle. Porém, indivíduos com uma alimentação normal e/ou rica em carboidratos, devem ficar atentos a ingestão deste tipo de alimento, pois o risco de seu nível glicêmico se elevar, aumentaria, podendo então gerar a longo prazo um acumulo de carboidratos no circulação sanguínea, resultante da resistência a insulina gerado por esse excesso de carboidrato não absorvido, podendo gerar então um quadro de síndrome metabólica, causando Díabetes tipo II no indivíduo. O uso de coberturas, paçocas entre outras substâncias que possuem grandes quantidades de carboidratos, tornando então este alimento um "bomba calórica" e podendo aumentar as chances de se criar um quadro de diabetes tipo II..

Referência
Consumption of açai (Euterpe oleracea Mart.) functional beverage reduces muscle stress and improves effort tolerance in elite athletes: a randomized controlled intervention study. Ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26140415
Carvalho-Peixoto J1,2,3, Moura MR1, Cunha FA4,5, Lollo PC6, Monteiro WD5,7, Carvalho LM1, Farinatti Pde T5,8.

http://frooty.com.br

https://www.fda.gov/Food/GuidanceRegulation/GuidanceDocumentsRegulatoryInformation/LabelingNutrition/ucm064928.htm

3 comentários:

  1. Sabe-se que o açaí é extremamente nutritivo e faz parte da alimentação brasileira há anos, entretanto, cada vez mais tem sido alvo de polêmicas na área de nutrição. Isso porque com o passar dos anos têm sido adicionado ao seu preparo outros elementos como xarope de guaraná, amendoim, castanhas e outros que aumentam seu valor calórico. Então, como foi dito, o ideal é manter uma dieta equilibrada para o seu consumo que é válido e dessa forma não mudar de forma significativa os níveis glicêmicos e aumentar as chances de se ter diabetes.

    ResponderExcluir
  2. Nathália Magalhães10 de agosto de 2017 21:47

    O açaí é uma fruta associada a alguns benefícios para a saúde humana, destacando-se a prevenção contra doenças cardiovasculares, por ser rico em ácido oleico; a prevenção de câncer, doenças cardiovasculares e circulatórias, e auxílio no tratamento de antienvelhecimento da pele, devido a sua propriedade antioxidante que se dá pela presença de antocianina – flavonóide responsável pela pigmentação roxa da fruta; além de ser um alimento altamente energético e rico em vitaminas e minerais. No Norte do Brasil, região de origem do açaí, o açúcar não é utilizado para adoçar a polpa. Entretanto, nas demais regiões, como o Sudeste, a polpa ganha uma série de variações com o objetivo de mascarar seu gosto forte, dentre eles adições de xarope de guaraná, leite condensado, leite em pó e cobertura de diversos sabores. Dessa forma, quanto maior o número de ingredientes, maior será a consumo de carboidratos e gorduras e, consequentemente, maior o número de calorias, o que seria prejudicial para indivíduos com distúrbios metabólicos, como o diabetes. Portanto, o ideal seria o consumo racional de pequenas porções diárias, com adições de ingredientes nutritivos, como frutas, granola e outras oleaginosas, para evitar o aumento do nível glicêmico de indivíduos diabéticos e as chances de desenvolver a doença.

    ResponderExcluir
  3. O açaí é um fruto que trás muitos benefícios as pessoas que o consomem,desde que o façam de forma racional.Trata-se de um alimento de suma importância na dieta da população do Norte do Brasil,sendo consumido ''in natura'' ,o que preserva suas propriedades anti-oxidantes,anti-inflamatórias,entre outras diversas.O que ocorre em outras regiões do país é que o açaí consumido passa por um processo de industrialização,onde muita das vezes é acrescido xaropes,como o de guaraná,o que eleva o conteúdo calórico do produto.Além disso,o açaí não é consumido puro,mas com o acréscimo de outro fruto(batido com banana,morango),de granulados,coberturas,etc,o que aumenta consideravelmente seu teor de carboidratos.O trabalho menciona bem isso no texto,ressaltando que o acréscimo desses produtos ao açaí torna o mesmo uma ''bomba calórica''e que,consumido desregradamente,é um potencial fator causador de diabetes tipo 2(especialmente em pessoas sedentárias e com dieta hipercalórica).Isso ocorre devido ao acúmulo de carboidratos,que em excesso levam a formação de mais tecido adiposo,que está diretamente relacionado com a diabetes do tipo 2.É importante ressaltar também que mesmo aqueles que consomem o produto ''in natura''devem fazê-lo de forma racional,evitando uma dieta hipercalórica e prevenindo assim distúrbios metabólicos.
    Conforme foi dito no texto,o uso controlado do açaí não prejudica o indivíduo saudável,que tem dieta equilibrada.

    ResponderExcluir